Campeonato Regional XCM

Regulamento 2017
 

1.   INTRODUÇÃO

  1. O  Campeonato  Regional Cross  Country  Olímpico Maratona (XCM)  da Associação de Ciclismo do Porto pode ser disputado numa prova especifica ou coincidir com uma outra prova.

1.2.       O Campeonato Regional disputa-se em conformidade com os Regulamentos da UCI, da UVP-FPC  e  com  o  presente  regulamento,  sendo  o  colégio  de  comissários  a  única entidade responsável pela aplicação dos mesmos.

1.3.       O   Campeonato   Regional   destina-se   exclusivamente   a   atletas individuais que estejam associados à Associação de Ciclismo do Porto e a atletas  pertencentes a equipas registadas na Associação de Ciclismo do Porto, independentemente do seu local de residencia ou nacionalidade.

1.4.   No caso dos atletas individuais, estes terão obrigatóriamente que confirmar junto da Associação de Ciclismo do Porto se reunem as condições necessárias para disputar o titulo de Campeão Regional. Essa confirmação terá que ser feita no máximo até ao momento da inscrição na prova.

2.   CATEGORIAS E CORRIDAS

2.1.       Categorias / Idades 

Escalão Idade
Elites M e F >19 anos
Masters F > 30 anos
Masters 30 (M30) 30-34 anos
Master 35 (M35) 35-39 anos
Masters 40 (M40) 40-44 anos
Masters 45 (M45) 45-49 anos
Masters 50 (M50) 50-54 anos
Masters 55 (M55) 55 ou mais
D Femininos >19 anos
D Masculinos >19 anos

3.   INSCRIÇÕES

3.1.      As inscrições devem ser efetuadas diretamente através do sistema de inscrições on-line disponibilizado no web site da UVP/FPC (www.fpciclismo.pt) até às 24 horas da quinta- feira anterior á realização da prova.

3.1.1.     As inscrições efetuadas fora do prazo regulamentar têm uma taxa extra de 10€ por atleta e só poderão ser aceites até às 18 horas do Sábado anterior à prova no secretariado da mesma.

3.1.2.     Os atletas que se inscrevam fora do prazo são os últimos na grelha de partida das respetivas categorias independentemente de obedecerem aos critérios definidos no ponto 5.3.1.

3.2.       CONFIRMAÇÃO DE INSCRIÇÕES

A   confirmação   das   Inscrições,   pagamento   de   taxas,   verificação   de   licenças   e autorizações por parte do Colégio de Comissários, bem como a atribuição dos dorsais para todas as categorias decorrem no secretariado da prova até 30 minutos antes da realização da prova.

3.3.       REUNO DE DIRECTORES DESPORTIVOS

A reunião dos Diretores Desportivos decorre no local da prova após a confirmação das inscrições

3.4.       TAXAS

3.4.1.     A participação nos Campeonatos Regionais está isenta de qualquer taxa de inscrição, para os atletas federados.

3.4.2.     As inscrições efetuadas fora do prazo regulamentar implicam o pagamento de uma taxa de 10€, a ser entregue à Associação.

3.4.3.     A atribuição de novas frontais/dorsais por substituição implica um pagamento de 10€, a ser entregue à Associação

4.   ATRIBUIÇÃO DE FRONTAIS/DORSAL

4.1.       A atribuição de placa/dorsal obdeca às mesmas regras previstas para a Taça Regional da A.C. Porto.

4.4.1.     Nos  treinos,  só  serão  autorizados  em  pista  atletas  com  respetivo  frontal aplicado na bicicleta.

5.   CORRIDAS

5.1. A partida geral recomenda-se que se efetue às 9h30.

5.2. O acesso à grelha de partida será organizado através do sistema de boxes e será controlado pelos Comissários e elementos da organização devidamente identificados para tal. 

5.3. Abertura das boxes: 30 minutos antes da hora de partida;

5.4. Fecho das boxes: 5 minutos antes da hora de partida.

5.5.       Grelha de Partida

5.1.1.     A chamada para a grelha de partida faz-se de acordo com a classificação da Taça Regional de XCM da Associação de Ciclismo do Porto.

1º   Caso a prova conte para a Taça Regional será utilizada a classificação geral da Taça Regional;

2º   Caso a prova não conte para a Taça Regional serão chamados em primeiro lugar todos os atletas que disputam o Campeonato Regional e só depois os restantes atletas, de acordo com a sua posição no ranking da Taça Regional.

3º   Os restantes corredores pela ordem de inscrição.

.

6. CLASSIFICAÇÕES DO CAMPEONATO REGIONAL

6.1.        Classificações individuais

6.1.1.     Será efetuada uma classificação por categoria.

6.1.2.     O atleta vencedor de cada categoria receberá a camisola de Campeão Regional.

6.1.3.     Para ser atribuído o título de Campeão Regional (Camisola), é necessário que se apresentem à partida, pelo menos 5 atletas nas categorias masculinas e pelo menos 3 atletas nas categorias femininas.

6.1.4.     No final da prova do Campeonato Regional de XCO, o organizador deverá atribuir medalhas ou trofeus de participação pelo menos aos 3 primeiros classificados de cada categoria, independentemente do numero de participantes. A atribuição de medalhas ou trofeus de participação aos restantes atletas fica ao critério do organizador.

6.1.5.     A participação nas cerimónias protocolares é obrigatória. Em caso de ausência, o corredor será sancionado de acordo com o artigo 12.1.040-36, salvo em casos devidamente justificados pelos atletas ou pelos diretores desportivos das equipas e aceites pelo Presidente do Colégio de Comissários.

6.1.6.    Os atletas contemplados na cerimónia protocolar deverão obrigatoriamente envergar o equipamento de competição das suas equipas e usar sapatos de competição ou sapato desportivo tipo sapatilha (ténis). É proibido o uso de chinelos.

6.1.7.     Apenas o vencedor de cada categoria poderá exibir a bicicleta vencedora, num espaço designado para o efeito próximo do pódio (numa das laterais).

6.2.       Classificação por Equipas

6.2.1.    A Classificação por Equipas será estabelecida com base nos três melhores resultados, obtidos numa ou mais categorias.

6.2.2.     Para   a   Classificação   por   Equipas   contarão   apenas   as   categorias   que participem nas categorias masculinas no mínimo cinco (5) corredores e nas categorias femininas no mínimo três (3) corredoras.

6.2.3.     Em  caso  de  empate,  beneficia  a  equipa  com  maior  número  de  primeiros lugares dos seus corredores, maior número de segundos lugares e assim sucessivamente, sendo considerados para efeito de desempate apenas os lugares obtidos pelos atletas que estão a ser considerados para a classificação por equipas Se o empate persistir, utiliza-se o critério do escalão mais alto.

6.2.3.1.       Ordem dos escalões para efeito de desempate:

1º       ELITES Masc.

2º       ELITES Fem.

3º       MASTER 30 Masc..

4º       MASTER Fem.

5º       MASTER 35 Masc.

6º       MASTER 40 Masc.

7º       MASTER 45 Masc.

8º       MASTER 50 Masc.

9º       MASTER 55 Masc.

6.3.     O organizador atribui às três primeiras equipas taças (Campeonato Regional por equipas).

7. PARQUE DE EQUIPAS

Cada equipa que pretenda um espaço reservado para a sua estrutura no parque de equipas de cada prova, terá que efetuar uma reserva para o organizador local até ás 18h00 de quinta-feira antes da prova, por fax ou e-mail (geral@acporto.org), mencionando o espaço pretendido e a matrícula da viatura. O Diretor de equipa deve levantar as respetivas credenciais no secretariado da prova antes de entrar no parque de equipas.

8. ANTIDOPAGEM

O regulamento antidopagem da UVP-FPC aplica-se integralmente nesta Taça. O local da realização do controlo anti-dopagem será definido por regulamento próprio para cada prova.

9. PENALIDADES

Aplicação exclusiva da tabela de penalidades do regulamento da UVP-FPC.

10. CASOS OMISSOS

Todos os casos omissos neste regulamento será considerado o regulamento da UVP-FPC.

O presente regulamento poderá sofrer alterações no sentido da sua harmonização com os regulamentos da UVP-FPC e da UCI.

Estas alterações deverão ser enviadas a todas as equipas inscritas na A.C.Porto e publicitadas no web-site da A.C.Porto.

Caso não existam contestações a essas alterações no prazo de oito dias a contar da data do seu  envio/publicação, as atualizações entram automaticamente em vigor.

Associação de Ciclismo do Porto Fevereiro de 2017